Radiola Urbana

menu
Topo
Radiola Urbana

Radiola Urbana

Categorias

Histórico

Novo disco de Monkey Jhayam eleva o nível do reggae brasileiro

Ramiro Zwetsch

2003-10-20T18:11:56

03/10/2018 11h56

Se você acompanha as festas de reggae em São Paulo, certamente já ouviu falar no Monkey Jhayam. Um dos cantores com mais personalidade da cena, ele subiu um degrau agora com o recém-lançado "Prince Fatty Presents: The Rolê of Monkey Man". O trabalho traz uma produção no capricho do britânico Prince Fatty e sai pelo cultuado selo norte-americano Delicious Vinyl – referência do hip hop desde os anos 90. Fatty neste ano já havia chamado atenção como produtor do ótimo disco dos The Last Poets, "Understand What Black Is", com uma bem-vinda e inspirada conexão da linguagem de spoken word com as bases do reggae. Ele também tem no currículo ótimos mash-ups de vocais de clássicos do hip hop com batidas à moda jamaicana.

A parceria não só contribui para elevar o nível do reggae brasileiro como para refrescar o gênero com boas referências do soul norte-americano que tanto inspira os artistas jamaicanos. A faixa "Mãe da Lua", por exemplo, se apropria dos elementos de "Everbody Loves The Sunshine" (Roy Ayers). Já "Vem Comigo" se apoia em outro hino, "90% of me is You", da Gwen McRae. Há ainda uma releitura traduzida para o português de "Police on Helicopter" (clássico do John Holt) e uma composição a partir do riddim (instrumental) "Swing Easy" (também usado por Johnny Osbourne em "Can't Buy Love"). O trabalho também traz participações de peso, como do rapper norte-americano Fatlip (do Pharcyde) e do cantor britânico Tippa Irie. E sabe o que é melhor? Saiu em vinil! Som na caixa!

Sobre o autor

Ramiro Zwetsch é jornalista, DJ residente da festa Entrópica, sócio da Patuá Discos e criador do site Radiola Urbana. Foi editor-chefe dos programas "Manos e Minas" e "Metrópolis", repórter de música do Jornal da Tarde e colaborou para "Ilustrada", "Caderno 2", “Bravo!”, “Rolling Stone”, “Bizz”, “Carta Capital”, “Select” entre outros.

Sobre o blog

Divagações e reflexões sobre as maravilhas contemporâneas e pérolas negras da música Brasil adentro e mundo afora.